A virada não precisa acontecer só em 1º de Janeiro

Post curtinho, só pra dar uma pensadinha rápida… Um depoimento na lista das 25 startups agtech mais inovadoras do mundo chamou muito a minha atenção. Duncan Logan é fundador e CEO da aceleradora americana RocketSpace e apontou que no mundo agro você só tem 40 chances, já que “Entre os seus 20 e 60 anos, são 40 safras”. E completou: “Em tecnologia, você tem 40 tentativas por semana”. E isso me deixou pensando: se não existe impedimento, por que sempre deixamos os planos e as experiências novas, mesmo que simples, para o próximo ano? E a dieta e os exercícios para segunda-feira?

Quando estava pesquisando sobre bullet journal, uma das coisas que mais me encantou foi saber que eu poderia começar a qualquer momento, não precisava esperar aquele dia 1o de janeiro para iniciar um novo caderno (o meu mais recente começa não só num dia 12, mas também em uma terça-feira, imagina a confusão para quem está preso ao modelo ‘tradicional’?).

E ainda existe o maior de todos os impulsionadores de mudança: o imprevisto. A vida é cheia de momentos inesperados e eles podem ser um choque muito grande para quem só consegue fazer planos para “segunda/janeiro”. Uma demissão, necessidade de mudança de cidade, morte de alguém próximo, um desastre natural… elementos de todos os tamanhos para dar uma sacudida e entender que realmente é preciso viver bem todos os dias.

 

Nada te impede de começar a estudar mais. Não deixa pra 2018 o plano de ler mais, pode começar agora! O plano de começar na academia ou cuidar melhor da sua saúde não pode ficar só para novembro/dezembro. E você não precisa curtir a vida só no reveillon ou no carnaval.

E aí, o que você vai começar a fazer hoje?

Deixe uma resposta