Você precisa de um blog corporativo ou só entrou na onda?

Uma das coisas mais comuns que tenho ouvido nos últimos anos é de que toda marca precisa de um blog. Muitos podem defender isso como uma verdade absoluta, é quase uma religião “a salvação está no blog”, mas acredito em algo muito mais real. Mais importante do que ter um blog corporativo é ter presença: Esse deve ser o foco do seu posicionamento digital.

Não adianta você ter um blog se não tem conteúdo

É completamente possível fazer um bom planejamento para qualquer tipo de negócio, seja ele b2b ou b2c.

O desafio maior não é qual o público a ser abordado e a personalidade que a empresa quer passar, essa é a parte mais fácil, quem quer ter um blog precisa saber disso assim que a primeira ideia surge. O caso agora é criar conteúdo relevante. É preciso entender o mercado, os concorrentes, a mensagem que deseja ser passada e como isso será apresentado. Qual ofoco comercial, como capturar leads, de que maneira as pessoas encontrarão o que você quer mostrar e como se mostrar a melhor referência nesse assunto. Essa é só a primeira lista de perguntas.

Não dá para criar um blog sem planejamento. Sem gastar horas de trabalho e medir os resultados, o seu espaço acaba sendo apenas mais um.

Qualidade ou quantidade?

Quem nunca ouviu algo do tipo “Precisamos publicar pelo menos 2 posts por dia no blog e 8 vezes nas redes sociais!”? Se o seu material não é interessante, você pode publicar minuto a minuto e mesmo assim você não tem garantia de resultados.

Se você quer vender um certo produto, você consegue entender como ele se encaixa no mercado, quais as necessidades que ele atende, como se diferencia dos demais e o que só você consegue entregar com ele. Não existe fórmula mágica de x conteúdos de topo de funil para y de meio e z de fundo. Mas é preciso criar sim uma relação entre eles e saber como cada um desses materiais vai atender os seus objetivos.

Tente criar um universo em torno do seu produto ou serviço. É isso que vai trazer as pessoas para perto do que você escreveu e tornar o seu espaço conhecido.

Anúncios, emails e redes sociais não podem ser deixados de lado

Quem acha que blog é o que resume sua presença está perdendo boas oportunidades de aparecer para as pessoas certas.

Dentro do seu planejamento, é essencial tirar um tempo para cuidar bem das suas redes sociais, criando uma boa intimidade com seu público, anúncios, a maneira mais rápida de alcançar quem você procura e ainda não conhece a marca, e para os emails, que você vai conquistando aos poucos e criando uma base bem completa e de pessoas que querem receber suas notícias e ofertas.

Cada uma dessas atividades requer um tempo de trabalho diferenciado e exige cuidado na hora de organizar o seu cronograma. E você pode escolher o que quer fazer primeiro ou mais vezes, não tenha medo de testar.

E o investimento precisa ser bem avaliado. Você tem os profissionais certos para cada uma dessas atividades? É melhor estudar um pouco e escolher os melhores parceiros para que o seu tempo e seu dinheiro não sejam gastos com algo sem qualidade.

Um dos meus planos para as próximas semanas é tentar entender melhor o mundo da mídia paga, suas ferramentas e estratégias, para complementar o que já estudo e trabalho com o orgânico. Vai ser um bom desafio para esse início de 2018!

Fique atento ao seu cartão de visitas

Uma tarefa muito importante que precisa ser feita antes de começar a planejar sua presença digital é entender quanto tempo você terá disponível para esse trabalho.

Já criei os textos para um site de uma marca que não tinha verba para criação de novos conteúdos e preferiu criar um site bem completo e com o máximo de informações de qualidade sobre o serviço oferecido. No início, quase caí na minha própria armadilha do “precisa ter um blog corporativo!”, mas logo entendi que naquele caso, como em vários outros, é melhor ter um belo site do que um blog mais ou menos. No mercado dela, era mais importante estar presente e mostrar bem a gama do que era feito do que gastar tempo e dinheiro com conteúdos que não conseguiriam atingir os objetivos que as donas traçaram (acho que esse é um bom tema para um próximo post: o que é sucesso para o seu projeto?).

Dê a devida importância para o seu blog

Aquele conceito de blog ser um grande diário pessoal já caiu e a profissionalização trouxe uma confiabilidade bem grande para esse mercado. Cada nicho possui suas peculiaridades e todo o trabalho deve ser feito com muita seriedade.

E quem escreve os seus conteúdos precisa ser valorizado para que os seus resultados sejam consistentes. Não importa se é você mesmo, uma empresa, a equipe interna ou um especialista freelancer (oi, meu nome é Lígia, você vem sempre aqui? =) ), é preciso considerar que aquele é um trabalho sério e que tem impacto real nos seus resultados. Cuidado com a qualidade do texto, um bom trabalho de SEO, leituras, pesquisas e treinamentos em dia… Tudo isso faz a diferença (e a indicação de bons profissionais faz parte desse trabalho).

Não existe obrigação para a criação de um blog por marca, por produto, por pessoa. O que você precisa entender é que essa é uma ferramenta para o seu trabalho – e você quer apenas o melhor, não é mesmo? Como você consegue estar presente para o seu público e criar uma boa experiência: esse é o ponto principal da sua reflexão. E, como para quase tudo na vida, não existe uma receita de sucesso garantido.

Deixe uma resposta