Perder a noção do tempo também pode ser muito produtivo

perder a noção do tempo

Gestão do tempo é uma arte. Ainda tenho muita dificuldade para organizar meus dias e recorro a várias ferramentas para tentar controlar isso. Mas às vezes não existe nada melhor do que fazer algo que nos deixa perder a noção do tempo.

E não podemos falar que isso só acontece quando estamos relaxando ou algo do tipo: fazer planejamentos no trabalho, organizando atividades e processos, é um dos meus maiores momentos “nossa, já são 18h!” com uma sensação boa. Assim como pensar novas maneiras para resolver problemas e questões cotidianas. Ser criativo pode ser uma atividade muito produtiva.

Uma atividade que retomei foi a criação de listas de tarefa em papel. Assim eu não fico olhando as notificações, agendamentos, emails. Está tudo lá, preciso concluir uma antes de começar outra. E, como o Pedro Renan sugeriu, colocar o celular em modo avião pode ser uma belíssima dica para momentos mais apertados. Otimizar o tempo e ficar um pouco offline não vai fazer tão mal assim.

Perder a noção do tempo pode ser uma boa sugestão para produzirmos o máximo em um tempo que poderia estar sendo dividido entre mil outras demandas. Sentar em um canto mais isolado ou avisar que estará um pouco ausente e usar fones de ouvido (uma das minhas melhores maneiras de concentrar – aceito dicas de boas playlists no Spotify!), cada um pode fazer de sua própria estratégia uma maneira de produzir melhor.

E exercer sua autonomia também é uma dica importante. Não se deixe levar tanto pela necessidade de cuidar do que os outros estão fazendo ou de dar satisfações a cada mini micro nano passo. Faça bem o seu trabalho, confie no outro e tente deixar as coisas fluírem até um ponto que será bom compartilhar o que aconteceu e como isso pode ser melhorado.

Fora do trabalho pode parecer mais fácil

Ler é uma atividade que sempre me deixa entretida. Literatura ou livros técnicosno kindle ou no papel, notícias e estudos. Escolher o próximo livro na lista também é uma atividade que acaba me prendendo bastante e apresentando um novo universo de possibilidades. E para quem tem pouco tempo e quer otimizar essa atividade, ler resumos e ideias principais sumarizadas também é uma boa (já conhece o 12minutos?).

Desenvolver bem uma atividade paralela pode ser uma válvula de escape muito interessante para os dias mais corridos. Ter um blog tem sido uma ótima maneira de pesquisar novas ferramentas e serviços de marketing para que eu possa estudar ainda mais sobre o tema e relacionamentos.

E você? Como cria bons momentos para perder a noção do tempo? Escrever por aqui me ajuda bastante na concentração e na hora de ter novas ideias, especialmente em posts curtinhos como esse. É ótimo entender um pouco da percepção das outras pessoas sobre temas interessantes.

Deixe uma resposta